Esportes


 Enviar matéria por e-mail

Santos volta a marcar e vence a Ponte Preta na Vila

Tamanho da Fonte      Agência Estado 29/07/2012 às 20:38

Foi no sufoco, mas o Santos conseguiu alegrar sua torcida e sair da zona do rebaixamento neste domingo, ao derrotar a Ponte Preta por 2 a 1 na Vila Belmiro, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com a derrota do Palmeiras por 2 a 1 para o Cruzeiro, o time de Muricy Ramalho empurrou o Bahia para a degola e agora é o primeiro time fora da zona do perigo, com 13 pontos. A Ponte continua com 16 pontos, na 10ª colocação. O Santos não ganhava nem marcava um gol desde a 8ª rodada, quando goleou o Grêmio por 4 a 2, também na Vila.

Ameaçado pela zona do rebaixamento, o Santos entrou em campo neste domingo com a obrigação de vencer. Mas a primeira chance de perigo foi da Ponte, com André Luis, que invadiu a área mas chutou fraco para fácil defesa de Aranha, que enfrentava seu ex-clube.

O Santos só chegou ao gol da Ponte com perigo aos 10 minutos, com chute por cima de Bill. Mas a equipe da Vila continuou pressionando e, aos 14, Henrique fez tabela com Bill e bateu firme de fora da área para defesa importante de Roberto, que desviou para escanteio.

O jogo ficou truncado, com a Ponte marcando em cima e impedindo as jogadas perigosas do Santos. O time da Vila dominava as ações e, aos 21, Bill tentou de fora da área, mas o chute saiu fraco à esquerda de Roberto. Um minuto depois, em jogada de Henrique, Felipe Anderson pegou rebote da defesa e chutou por cima, sem perigo.

Com volume de jogo, a equipe de Muricy Ramalho criava algumas oportunidades, principalmente com os jovens Felipe Anderson e Victor Andrade, que se movimentavam por todos os setores do campo adversário. Aos 29, Felipe Anderson chutou rasteiro cruzado para boa defesa de Roberto. Aos 32, Henrique, mais uma vez, disparou torto à direita de Roberto. A equipe santista pecava sempre nas finalizações.

Mas isso acabou aos 37, quando, em passe perfeito de Victor Andrade, de letra, Bruno Peres saiu na cara de Roberto e chuto na diagonal, certeiro, para abrir o marcador. O Santos não balançava as redes há quatro rodadas, desde a 8ª rodada.

Com a vantagem, a equipe da Vila aumentou ainda mais seu ritmo para tentar ampliar o placar. Mas a Ponte assustava. Aos 41, Somália tirou tinta da trave de Aranha com um chute perigoso de fora da área. No último lance de perigo do primeiro tempo, Bill concluiu para fora em boa jogada com Léo pela esquerda.

Na volta do intervalo, o Santos continuou a buscar outro gol, o que tiraria o time da zona da degola. Victor Andrade, Felipe Anderson e Bill tentavam furar o bloqueio da defesa da Ponte, que tentava encaixar um contra-ataque para igualar a partida.

Aos 18, Victor Andrade arriscou de fora da área para boa defesa de Roberto. Aos 26, a Ponte tentou surpreender com Somália chutando forte para defesa segura de Aranha.

A Ponte conseguiu travar o time da casa com algumas alterações, entre elas a entrada de Rildo no lugar de André Luis, e impunha um ritmo intenso ao confronto. Aos 33, susto na Vila. Em cobrança de Marcinho, Tiago Alves desviou de Aranha e a bola bateu no travessão e perto da linha. Na sequência, a Ponte voltou a levar perigo em chute de Roger, que Aranha afastou em boa defesa.

Mas aos 37, não teve jeito para o time da casa. Em grande jogada de Rildo, Roger empatou a partida com chute firme no canto esquerdo de Aranha. O atacante fez seu sétimo gol neste Brasileiro.

Quando parecia que o Santos continuaria na degola, com amplo domínio da Ponte, Miralles recebeu livre no meio da área, em falha de marcação da defesa da Ponte. O argentino controlou a bola e fez seu primeiro gol com a camisa do Santos. Depois do gol, o Santos conseguiu segurar o ímpeto do time de Campinas e manteve o resultado.

O Santos enfrenta agora o Náutico, em Recife, às 18h30 do próximo domingo pela 14ª rodada do Brasileiro. A Ponte, por sua vez, encara o Cruzeiro, em Minas, também às 18h30 de domingo.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 2 x 1 PONTE PRETA

SANTOS - Aranha; Bruno Peres, Bruno Rodrigo, Durval e Léo; Adriano, Arouca, Henrique e Felipe Anderson (David Braz); Victor Andrade (Miralles) e Bill. Técnico: Muricy Ramalho.

PONTE PRETA - Roberto; Cicinho, Tiago Alves, Gustavo e Uendel; Baraka, Renê Jr. (Caio), Somália e Nikão (Marcinho); André Luis (Rildo) e Roger. Técnico: Gilson Kleina.

GOLS - Bruno Peres, aos 37 minutos do primeiro tempo; Roger, aos 37, e Miralles, aos 41 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Adriano, Henrique, Durval, Arouca (Santos); Cicinho, Tiago Alves (Ponte Preta).

ÁRBITRO - Paulo César de Oliveira (Fifa-SP).

RENDA - 92.080,00.

PÚBLICO - 4.261 pagantes.

LOCAL - Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP).


Classificação Atual       ( 0 ) Dê a sua classificação: