Esportes


 Enviar matéria por e-mail

Portuguesa ganha do Náutico e quebra jejum de vitórias

Tamanho da Fonte      Agência Estado 29/07/2012 às 20:33

Depois de seis jogos de jejum, a Portuguesa voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, a equipe venceu o Náutico por 3 a 1, de virada, no estádio do Canindé, em São Paulo, pela 13.ª rodada. Como os dois times, em tese, brigam contra o rebaixamento, este jogo é daqueles considerados de "seis pontos". O clube paulista deixou a zona de degola e chegou aos 13 pontos, em 15.º lugar. Esta foi a terceira derrota consecutiva dos pernambucanos, com os mesmos 13 pontos, mas em 14.º por ter o ataque mais positivo: 17 a 9.

"Precisamos jogar bem e vencer" dizia o técnico Geninho antes do jogo. Na prática também manteve o discurso, escalando praticamente três atacantes, com a entrada de Ananias perto de Heverton e Ricardo Jesus. Para tanto, optou por dois zagueiros: Gustavo e Valdomiro. O Náutico também adotou o mesmo esquema 4-4-2, mas disposto a aproveitar os contra-ataques. Em um deles abriu o placar, aos oito minutos. Kieza recebeu a bola no lado esquerdo, invadiu a área com um drible de corpo em Gustavo e soltou a bomba cruzada e no alto. Ficou a impressão de uma falha do goleiro Dida.

Após alguns momentos de instabilidade emocional, a Portuguesa reequilibrou as ações e empatou aos 30 minutos. Moisés iniciou a jogada lançando Ananias pelo lado direito. Ele fez o cruzamento rasteiro para o próprio Moisés, que na pequena área desviou para as redes. Ninguém mais teve chance até o intervalo.

Na volta para o segundo tempo, a Portuguesa tentou diminuir os espaços do adversário. E teve a sorte de marcar o segundo gol. Luis Ricardo foi lançado pelo lado direito e levantou para a pequena área, onde Ananias entrou em velocidade e desviou para as redes. Virada da equipe da casa, aos 12 minutos.

O Náutico ainda tentou reagir, mas faltou qualidade ofensiva. Aos 26 minutos, Geninho fez a opção pela vitória: tirou o atacante Ricardo Jesus para a entrada do volante Boquita para reforçar a marcação. Mesmo assim, no contra-ataque ampliou aos 42. Diego Viana apareceu na pequena área, entre dois zagueiros, para desviar de cabeça o cruzamento de Léo Silva. Nada mais importante aconteceu até o final do jogo.

A 14.ª rodada será disputada no outro final de semana. No sábado, a Portuguesa joga, de novo, em casa, e em outro jogo de "seis pontos". Recebe o Figueirense, às 21 horas. No domingo, no Recife, no estádio dos Aflitos, o Náutico enfrenta o Santos.

FICHA TÉCNICA

PORTUGUESA 3 x 1 NÁUTICO

PORTUGUESA - Dida; Luis Ricardo, Gustavo, Valdomiro e Marcelo Cordeiro; Ferdinando, Léo Silva, Moisés e Ananias (Diego Viana); Heverton (Rogério) e Ricardo Jesus (Boquita). Técnico: Geninho.

NÁUTICO - Felipe; Cleverson (Rico), Marlon, Ronaldo Alves e Lúcio (João Paulo); Elicarlos (Breitner), Martinez, Souza e Rhayner; Kieza e Araújo. Técnico: Alexandre Gallo.

GOLS - Kieza, aos 8, e Moisés, aos 30 minutos do primeiro tempo; Ananias, aos 12, e Diego Viana, aos 42 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Valdomiro, Heverton e Gustavo (Portuguesa); Ronaldo Alves e Rhayner (Náutico).

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (Fifa/RJ).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio do Canindé, em São Paulo (SP).


Classificação Atual       ( 0 ) Dê a sua classificação: