Esportes


 Enviar matéria por e-mail

Kaká volta como titular e Real é goleado pelo Benfica

Tamanho da Fonte      Agência Estado 27/07/2012 às 17:35

Em meio às negociações para voltar ao Milan, Kaká voltou a jogar pelo Real Madrid nesta sexta-feira. O brasileiro foi titular da equipe do técnico José Mourinho na derrota por goleada de 5 a 2 para o Benfica, em amistoso disputado no estádio da Luz, em Lisboa.

O meia, que havia sido cortado do amistoso da última terça-feira, contra o Oviedo, teve atuação discreta contra o Benfica e foi substituído aos 15 minutos do segundo tempo pelo atacante francês Benzema.

Ainda sem poder contar com os jogadores que chegaram ao menos até as semifinais da Eurocopa com suas seleções, Mourinho mandou a campo um time praticamente todo reserva, somente com a presença do meia argentino Di María dos habituais titulares.

Apesar de ter voltado a defender o Real nesta sexta, Kaká ainda pode ser negociado com o Milan. Os dois clubes seguem negociando a transferência, que pode ser consumada nos próximos dias. O clube rubro-negro chegou a reservar ao brasileiro a camisa 22, com a qual fez sucesso na sua passagem no futebol italiano, entre 2003 e 2009. O vice-presidente Adriano Galliani chegou a declarar durante a semana que fará "o possível" para fechar a contratação.

Antes da partida, Mourinho disse que o futuro de Kaká ainda está em aberto e não descartou a hipótese de ele permanecer no clube espanhol. "Pode acontecer qualquer coisa. Pode ser até jogador do Real Madrid na próxima temporada. E se isso acontecer ficarei feliz, porque temos uma boa relação e ele pode nos ajudar", ponderou.

Benfica arrasador - A derrota em Lisboa foi a primeira do Real Madrid nos jogos de pré-temporada. Apesar de amistoso, o confronto começou em ritmo eletrizante, com quatro gols em 22 minutos. O espanhol Javi García abriu o placar para o Benfica aos 4 minutos, mas o Real virou com dois gols do meia Callejón, aos 18 e aos 20. O time da casa reagiu imediatamente e empatou dois minutos depois, com o belga Witsel.

A vitória portuguesa foi definida no segundo tempo, e com outros dois gols marcados em curto intervalo: um do argentino Pérez, aos 8, e outro de Martins, aos 13. Pérez ainda transformou a vitória em goleada com o quinto gol, aos 39.

Antes do jogo, o presidente de honra do Benfica, o ex-atacante Euzébio, homenageou os compatriotas José Mourinho e Fábio Coentrão, e também Di María, que jogou no clube português antes de se transferir para o Real Madrid.

Além de Kaká, outros quatro brasileiros estiveram em campo, todos pelo Benfica. O goleiro Artur e o zagueiro Luisão foram titulares e o meia Bruno César e o atacante Alan Kardec entraram no segundo tempo.


Classificação Atual       ( 0 ) Dê a sua classificação: