Brasília


 Enviar matéria por e-mail

Especialistas avaliam a importância dos jogos na educação

Tamanho da Fonte      Redação Mais Comunidade 17/08/2012 às 11:09

Os jogos  educativos são cada vez mais adotados por professores para tornar as aulas mais interessantes e divertidas.  De acordo com Juliana Batista Miranda, coordenadora pedagógica do Vivendo e Aprendendo (VA) do Le Petit Galois, além de ajudar na aprendizagem, motivando os alunos e ajudando no processo de memorização, os games incentivam a criação e fomenta o lúdico. “Os jogos ajudam a criança no seu desenvolvimento físico, afetivo, intelectual e social, pois, por meio das atividades lúdicas, a criança forma conceitos, reforça habilidades, estabelece relações lógicas, além de desenvolver a expressão oral e corporal”, destaca a professora. “Adotamos o VA no Le Petit porque é uma forma da criança aprender vivenciando as experiências de fato. O projeto oferece diversas aulas interativas como artes cênicas, circo, dança, música, artes plásticas, xadrez, entre outras”, explica.

Além dessas atividades, os alunos do Le Petit Galois também participam do Mind Lab, uma sala temática criada para estimular a concentração, as estratégias e o poder de decisão entre os estudantes.  Trata-se de um espaço com jogos, onde os alunos disputam entre eles e com a máquina, ajudando no trabalho da concentração e no desenvolvimento da coordenação motora da criança. “Interagir com a máquina é eficiente para que o estudante possa desenvolver suas habilidades e principalmente a concentração, mas é importante não deixar de lado o trabalho em grupo por isso trabalhamos sempre em equipe”, explica a coordenadora.

Para o especialista Francisco Osório de Carvalho Ramos, coordenador do curso de Jogos Digitais do Centro Universitário IESB, além de contribuir para a educação, os games também podem ajudar a integrar a criança na sociedade. “Os jogos são muito importantes para a inclusão social. Por exemplo, estamos desenvolvendo um jogo em parceira com o curso de Psicologia da instituição para auxiliar na educação de crianças diagnosticadas com o autismo - uma alteração que afeta a capacidade de comunicação do indivíduo, de socialização (estabelecer relacionamentos) e de comportamento. Por meio de um aplicativo com cores e sons, conseguimos chamar a atenção da criança e ajudá-la em seu crescimento pedagógico”, explica o professor, que destaca a motivação como um dos principais caminhos para o desenvolvimento da aprendizagem. “Todo mundo tem a capacidade de fazer um trabalho fantástico em um nível escolar elevado, mas é importante que haja sempre motivação e os jogos são fundamentais para ajudar a fomentar a vontade de aprender”, conclui o especialista.


Classificação Atual       ( 2 ) Dê a sua classificação: