Brasília


 Enviar matéria por e-mail

Ministro e CBF credenciam abertura na Copa em Brasília

Orlando Silva e Ricardo Teixeira elogiam a preparação da cidade para a Copa do Mundo de 2014, durante evento no Rio de Janeiro com a participação do governador Agnelo Queiroz

Tamanho da Fonte     Carol Guitton Leal e Priscylla Damasceno  Redação Mais Comunidade 29/07/2011 às 14:27


Brasília deu um grande passo na sua candidatura para sediar o jogo de abertura da Copa do Mundo de 2014. na manhã de hoje, durante o Midia Conference - Apresentação das 12 cidades-sede da Copa, evento promovido pela Federação Internacional de Futebol (Fifa), na Marina da glória, no Rio de Janeiro. Agnelo Queiroz foi o único governador das cidades-sede a comparecer ao evento.

A apresentação de Brasília feita por Agnelo foi elogiada pelo ministro do Esporte, Orlando Silva, e pelo presidente da Confederação Brasileira de Futebo, (CBF). Silva cumprimentou o governador pelo exemplo da obra do Estadio Nacional de Brasília, que está em fase adiantada e é a unica arena multiuso dos palcos que receberão os jogoa do mundial. Agnelo foi convidado para integrar a mesa que presidiu o evento.

Logo após o evento, o governador Agnelo Queiroz conversou com a reportagem do jornal Coletivo. Ele classificou a participação de Brasília no primeiro evento oficial na Copa do Mundo de 2014, como muito positivo e que credencia cada vez mais a cidade para abrir o Mundial da Fifa. “Se a análise para a escolha da abertura for técnica, nos não pederemos”, destacou.

Agnelo afirmou que Brasília se colocou com uma postura bem positiva, apresentou a preparação da cidade para receber os jogos e as belezas da cidade. O governador afirmou durante o evento que Brasília está comprometida em cumprir todas as exigências da Fifa e cumprir o calendário estimulado pela entidade internacional. “Nós vamos atender o calendário para fazer a Copa das Confederações e capitalizar a cidade um ano antes da Copa do Mundo com o retorno dos investimentos que estamos fazendo”, anunciou Agnelo.

Para o governador, Brasília apresenta dá uma mostrar singular de competência na organização para sediar a Copa do Mundo e que a proposta de Brasília foi vista com muita simpatia tanto pelo ministro Orlando Silva, quanto pelo presidente da CBF, Ricardo Teixeira. “Temos muita confiança e nossa candidatura fortaleceu muito quando o minstro fez uma referência na abertura do evento explicando sobre Brasilia e o exemplo de estádio em fase adiantada. Nossa arena é moderna, somos exemplo de mobilidade, conforto e de aeroporto. Não temos dúvida que a cidade está se colocando muito bem”, comemora.

Agnelo ainda destacou pontos positivos da cidade como os indicadores humanos que, segundo ele, possui um grande signigficado na escola da cidade de abertura. “Vamos mostrar para o mundo uma cidade moderna, que é patrimônio cultural da humanidade e possui um dos melhores IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do mundo. Seremos a única cidade do país com 100% da população alfabetizada, numa demonstração de civilidade. Temos uma rede de água e esgoto moderna e que cobre quase todo o território do Distrito Federal. Estamos construindo creches para atender a todas as crianças carentes, meta que será cumprida justamente antes da Copa do Mundo. Ou seja, vamos mostrar um Brasil moderno para o mundo”, destacou o governador.

Ele também afirmou que até o Mundial da Fifa o grave problema da área de transporte público será superado, como um sistema integrado e o moderno Veículo Leve sobre Trilhos.

 

Leia também:

Teixeira será alvo de protesto em sorteio no Rio


Classificação Atual       ( 4 ) Dê a sua classificação: